Por Luiz Carlos Bittencourt

 

      Foram iniciadas as obras do hospital que está sendo construído no Haiti pelos padres camilianos. A iniciativa ocorreu após o terremoto em 12 de janeiro deste ano, que fez cerca de 500 mil vítimas. Serão incluídas no hospital, especializações cirúrgicas em geral, e de lesões graves na pele.

      O empreendimento será construído em Jérémie, capital do departamento de GrandAnse. “A escolha da localidade de Jérémie não foi casual: trata-se de uma das áreas mais pobres de um país já em condições de miséria. A falta de infra-estrutura e sua deterioração deixaram a área sem a possibilidade de ser alcançada por via rodoviária da capital. Cada fornecimento de materiais, mesmo os mais essenciais, torna-se difícil, e requer muito tempo. A epidemia de cólera também tem agravado a situação e, de fato, nos últimos dias já provocou a morte de 500 pessoas”, disse o responsável pelo Serviço Missionário Jovem (Serming), Ernesto Olivero.

      A ação conta com o apoio financeiro do Serming, de Turim, Itália, com o investimento de 100 mil euros entregues por Ernesto Olivero para o coordenador dos Camilianos, padre Joaquim Cipriano.

Fonte: CNBB