A Policia Civil deflagrou na manhã desta terça feira (16) a “Operação Segredo”. Foram cumpridos 45 mandados de busca e apreensão e 46 mandados de prisão temporária, sendo que 35 pessoas foram presas em Foz do Jordão, Mangueirinha, Candói e Reserva do Iguaçu. Cerca de 180 policiais, entre civis, militares, Ambiental e da Polícia Rodoviária Estadual, participaram da ação.

De acordo com o delegado adjunto da 14ª SDP, Alysson Henrique de Souza, as investigações iniciaram há cerca de oito meses, através de denuncias que uma quadrilha organizada estaria agindo na região de Foz do Jordão. “As investigações apontaram uma organização criminosa, suspeita de ter cometido três homicídios, duas tentativas de homicídio, vários furtos e roubos na região”, explicou Alysson.

Tramitam na delegacia de Guarapuava três inquéritos por assassinato, dois por tentativa de homicídio, 13 por furto, três pelo crime de roubo, além das investigações sobre tráfico de drogas – todos envolvendo esta quadrilha.

Entre as pessoas detidas na manhã de hoje, estão os quatro líderes da organização. Cada um deles recebeu cinco mandados de prisão. Durante a operação, a polícia apreendeu 12 armas de fogo, aproximadamente 800 munições, dois carros 0km com origem supostamente oriunda dos crimes – assim como 286 objetos, sendo mais de 10 aparelhos de televisão.

Homicídios

De acordo com Alysson, os homicídios que podem ter sido cometidos pelos detidos ocorreram em março de 2014, novembro de 2014 e outro em 1º de janeiro deste ano. “São pessoas consideradas inimigas do grupo, que estavam atrapalhando o esquema organizado na região”, enfatizou o delegado.

Os detidos estão à disposição da Justiça na sede da 14ª SDP, em Guarapuava.