por Ivan Cezar Fochzato

Vinte e sete policiais realizaram uma operação conjunta na tarde de domingo(21) no interior do município de Palmas. Foram abordadas trinta e seis pessoas; dezoito veículos. No total foram apreendidas treze pessoas e sete armas. Motocicletas com indicativos de serem produtos de furtos também foram localizadas e apreendidas durante a operação.

 

width=200
  • Compartilhe no Facebook

O trabalho envolveu ROTAM de Palmas e Pato Branco, Serviço Reservado do 3º BPM e da 2º Companhia, Polícia Civil e Polícia Florestal.A ação policial tinha como ponto central o Assentamento São Lourenço, entretanto, no deslocamento até o local, que fica aproximadamente sessenta quilômetros no centro de Palmas, as equipes iniciaram as abordagens.

width=200
  • Compartilhe no Facebook

Inicialmente foi abordado um Monza de cor azul, placas AIF-7980, com dois ocupantes, sendo que em revista no interior do veículo foi localizado uma espingarda calibre 12, marca Boito, capacidade de tiro 02, nº 02489 e outra espingarda calibre 16, marca ilegível, capacidade de tiro 02, nº ilegível, além de um bornal com munição e uma sacola com duas aves silvestres abatidas. Foi identificado dois ocupantes do veículo, aos quais assumiram a propriedade das armas, sendo dado voz de prisão e conduzidos para a delegacia de policia civil para providências. O veículo foi encaminhado para o pátio da 2ª Companhoa, por apresentar débitos.

width=200
  • Compartilhe no Facebook

 

Posteriormente, durante abordagens no assentamento São Lourenço, após informações de que o outro suspeito ao perceber a presença de viaturas da Polícia Militar nas proximidades de sua residência teria escondido armas de fogo em um matagal, foi deslocado ao endereço sendo que foi localizado sua esposa, a qual ao ser indagada quanto as armas de fogo, negou; foi então realizado buscas nas proximidades da casa onde foi localizado 01 (uma) espingarda calibre 12, marca Boito, capacidade de tiro 02, nº 11831; 01 (uma) espingarda calibre 28, marca Rossi, capacidade de tiro 01, nº A2400; 01 (uma) espingarda calibre 36, marca Rossi, capacidade de tiro 01, nº S546459, além de 09 (nove) munições intactas, 03 (três) deflagradas e 02 (dois) tubos de pólvora. As armas e munições foram apreendidas e encaminhadas juntamente com a Sra. citada para a Delegacia de Palmas.
Em continuidade a operação, após denúncias anônimas via COPOM relatando que no Assentamento em questão, em outra residência, encontravam-se várias pessoas participando de uma “rinha de galo”, sendo que alguns destes estavam de posse de arma de fogo.

 

width=200
  • Compartilhe no Facebook

As equipes deslocaram ao local com veículos descaracterizados quando aproximadamente sete indivíduos ao visualizar os policiais empreenderam fuga em um matagal, dentre elas foi identificado a pessoa de Antônio Cambirage, o qual possui mandado de prisão. Foram detidas 10 (dez) pessoas além de ser realizadas buscas na residência de outro suspeito, e no local foi localizado duas espingardas, uma calibre 36, marca ilegível, capacidade de tiros 02, nº 162817 e outra espingarda calibre 28, marca ilegível, capacidade de tiros 02, nº ilegível. Foram apreendidas 11 (onze) aves (galos de rinha) os quais estavam sendo utilizados no delito ambiental e encaminhados à delegacia de polícia civil pela equipe da polícia Florestal. O proprietário da residência, foi encaminhado a Delegacia de polícia Civil pelo crime ambiental e pelo porte ilegal de arma de fogo. Foram apreendidas ainda 04 (quatro) motocicletas de procedência duvidosa, sendo que algumas apresentavam numeração do chassi “pinada” além de outras alterações, porém não foram identificados os proprietários das mesmas.

 

 

width=200
  • Compartilhe no Facebook

O comandante da 2º Companhia da Polícia Militar de Palmas, Tenente Agnaldo César Pereira, durante entrevista ao Programa Dinâmica 1050 da Rádio Club AM, nesta segunda-feira(23) comentou sobre a ação policial da tarde de domingo. Clique audio