A Polícia Civil de Mangueirinha desencadeou, nesta quarta-feira(27), a Operação Policial “Dumont” para cumprimento de mandados de busca e apreensão domiciliar. As ações policiais se estenderam aos municípios de Palmas, sul do Estado e em Quilombo, Oeste de Santa Catarina. O trabalho coordenado pelo Delegado Breno Machado de Paula, contou com apoio de equipes da Polícia Civil de Palmas, Pato Branco e São Lourenço do Oeste, no Estado de Santa Catarina. Dos sete mandados de prisão foram cumpridos, seis.

Conforme o Delegado, a  associação criminosa é responsável por arrombar, em 28 de Abril deste ano, a relojoaria “Orient” em Mangueirinha, de onde foram furtados centenas de relógios de pulso, ocasionando prejuízo de R$ 90 mil. Durante a operação foram encontrados, na residências de alguns detidos, vários relógios, drogas, munições e vestimentas utilizadas no dia do crime.

O delegado, Breno Machado de Paula, explicou que a Operação foi denominada “Dumont” em alusão ao relógios furtados. Segundo a lenda, Alberto Santos Dumont – no final do século XIX – disse que não era possível ler a hora em pleno voo em seu relógio de bolso, e a partir de então,  um amigo apresentou-lhe uma solução, um protótipo de um relógio de pulso.