22090117_1185397668257591_6759146085656062068_n
  • Compartilhe no Facebook

Fotos: O Falcão – Abelardo Luz

Mais de meia tonelada de produtos de origem animal foram recolhidos durante operação de fiscalização no comércio dos municípios de Abelardo Luz, Ouro Verde e Ipuaçu, todos no Oeste de Santa Catarina. Os alimentos foram encaminhados ao aterro sanitário e destruídos.

A ação foi  coordenada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Abelardo Luz com apoio da Polícia Militar, Vigilância Sanitária, Mapa e Cidasc. Explicou a promotora, Lia Nara Dalmutt, que a medida visa  proteger o consumidor do risco de adquirir produtos sem inspeção e fora do prazo da validade, portanto impróprios ao consumo, e evitar a concorrência desleal.

Em Abelardo Luz, foram recolhidos mais de 150 quilos de alimentos sem inspeção e outros 50 quilos de produtos fora de validade. Em Ipuaçu foram apreendidos 350 quilos de produtos sem inspeção. Já Ouro Verde  aproximadamente de 100 quilos, também sem inspeção.

Informou a Promotora que agora o Ministério Público aguarda o relatório das equipes, com o nome dos estabelecimentos e as irregularidades constatadas. “O objetivo não é multar ninguém, mas que os comerciantes se conscientizem e não coloquem mais para vender produtos impróprios”, disse ela.