A Polícia Militar esteve mobilizada na noite do sábado, dia 27 de junho, juntamente com a Polícia Civil, Vigilância Sanitária e Secretaria de Meio Ambiente, da Prefeitura Municipal de Francisco Beltrão. A AIFU – Ação Integrada de Fiscalização Urbana prevê a abordagem de estabelecimentos visando à fiscalização e prevenção de diversos crimes.

Foi deslocado até as proximidades da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, Rodovia PR 483, e averiguado que em um estabelecimento comercial vários carros competiam com sons automotivos. Segundo o Comandante da Operação, 1º Tenente Hari Dallagnol, o local já possui denúncias de perturbação do trabalho e sossego alheio, “vários vizinhos que são agricultores reclamam frequentemente do volume do som, que na aferição da Secretaria de Meio Ambiente chegava a 115 decibéis, barulho muito acima do permitido”. “A reclamação é de que todo o final de semana havia barulho, começando desde cedo e indo até a madrugada”, finalizou o Tenente.

Foram constatados que vários veículos estavam com o som automotivo ligado em volume excessivo, causando assim a perturbação do sossego alheio. Por consequência, foram conduzidos ao todo 11 proprietários de carros até o cartório do 21º BPM para lavratura do Termo Circunstanciado. Já os aparelhos de som automotivos foram apreendidos.

O local já passou por outras fiscalizações e, além da constatação da infração de perturbação do sossego, também foram averiguados os alvarás de funcionamento do local e as pessoas passaram por revistas pessoais.

Ainda na noite de sábado, as equipes da RPA apreenderam mais três sons na cidade de Francisco Beltrão. Dois deles foram apreendidos na Avenida Júlio Assis Cavalheiro e o terceiro, na Rua Getúlio Vargas, do Bairro São Miguel. Totalizando 14 apreensões de sons somente na noite do último sábado, por perturbação do sossego alheio.

Fotos: Polícia Militar