Seis empresas e dois consórcios se habilitaram para construção da pavimentação entre Coronel Domingos Soares e Palmas.Foram abertos nesta quarta-feira (17), na sede do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER), em Curitiba, os envelopes com as propostas de preços para obra da PR-912(Rodovia Dom Agostinho José Sartori). O projeto prevê obras ao longo de 27,1 quilômetros entre o final do asfalto da Avenida Araucária em Coronel Domingos Soares e o entrocamento da PR-449(Rodovia vereador Sady Marcondes Loureiro) em Palmas.

O Coordenador da Unidade de Gestão do Programa, Glauco Lobo, informou que os habilitados apresentaram propostas com descontos que passaram de 20%. O projeto prevê investimento máximo de R$ 67,7 milhões, com recursos de empréstimos no Banco Interamericano de Desenvolvimento(BID) e contrapartida do Governo do Paraná.

Explicou que a comissão de licitação agora analisará a documentação das concorrentes e revisará as propostas de preços. “Estando tudo ok com a primeira colocada, é efetivado o contrato. Caso contrário, verificam-se as outras propostas até ter uma que atenda todos os requisitos do edital”, explica Lobo. Após a publicação do resultado no Diário Oficial, os participantes têm um prazo de cinco dias úteis para apresentar recursos administrativos.

O investimento compreende obras de terraplenagem, drenagem rural e urbana, pavimentação da rodovia e ciclovias, remanejamento de interferências, sinalização, obras complementares, tais como, cercas, passeios, lombadas, defensas, abrigos de parada de ônibus), paisagismo, desapropriação e melhorias ambientais. A previsão do DER é que as obras comecem no primeiro trimestre de 2018 e sejam concluídas 20 meses após a emissão da ordem de serviço.