Após um período de inatividade, o Observatório Social de Palmas, Sul do Paraná, está retomando seus trabalhos. O espaço onde o órgão funciona, em anexo à Acipa (Associação Comercial e Empresarial), foi reaberto e já está à disposição da comunidade.

Conforme o membro da diretoria, Oscar Nascimento, estão sendo buscadas parcerias para a manutenção financeira do Observatório, uma vez que o órgão não possui receita própria e necessita de, ao menos, dois funcionários para o andamento das atividades. “Esses profissionais é que vão acompanhar todas as ações do Executivo e Legislativo, cobrando o cumprimento de todas as leis de responsabilidade e a aplicação correta dos recursos públicos”, explica.

O Observatório tem como função o monitoramento das licitações desde a publicação dos editais até o acompanhamento da entrega dos produtos ou serviços. Por outro aspecto desenvolve ações no sentido de aproximar a população do acompanhamento das práticas dos governantes, com forma de garantir a correta utilização do dinheiro público.

Outra tarefa do órgão, é o estímulo às empresas do município a aproveitarem o “nicho” de mercado das compras públicas, de modo a contribuir para seu desempenho econômico, para geração de emprego e redução da informalidade.