Foi realizado ontem (03), no Centro Cultural Dom Agostinho, em Palmas, sul do Paraná, um encontro para reestruturação do núcleo Nós Podemos Paraná que atua no município. No evento promovido pelo Programa Sesi Indústria e Sociedade, em parceria com a Prefeitura de Palmas, também foram apresentadas metas determinadas pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, os resultados do município até 2014 e o Plano de Ações para este ano.

Em 2000, a ONU – Organização das Nações Unidas, ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu 8 Objetivos do Milênio – ODM, que no Brasil são chamados de 8 Jeitos de Mudar o Mundo, e que devem ser atingidos por todos os países até 2015. Acabar com a fome; oferecer educação básica de qualidade; promover a igualdade entre sexos; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde das gestantes; combater a AIDS, a malária e outras doenças; promover a qualidade de vida e respeito ao meio ambiente; e promover o engajamento social são os objetivos propostos até fim de 2015.

O município de Palmas já superou as metas de combate à fome; da redução da mortalidade materna; diminuição de pessoas contaminadas com HIV/AIDS e acesso a água potável. No entanto, ainda há muito a se fazer. De acordo com a articuladora do Sesi Indústria e Sociedade, Liliana Feltrin, num primeiro momento o foco é mobilizar os diversos setores de sociedade, a fim de se formar uma rede que contribua para o alcance das metas. Conforme ela, uma série de ações já são desenvolvidas em Palmas, fruto da parceria entre o Sesi e o Poder Público.

Conforme ela, os trabalhos para esse ano serão fortalecidos, para que o município possa alcançar a maioria dos objetivos dentro do prazo estipulado pela ONU. Ressaltou a importância da participação das comunidade como um todo, para o desenvolvimento das ações e da cidade.

Salientou que o município ainda precisa trabalhar de forma mais efetiva na prevenção da gravidez na adolescência, visto que, no ano de 2012, 27,3% das mulheres grávidas em Palmas, tinham menos de 20 anos. Dessa forma, por meio de parcerias com colégios do município, o Sesi já elaborou programas de conscientização para adolescentes e deverá intensificar as ações neste ano.

Explicou que a partir do encontro, será elaborada uma agenda, com reuniões e palestras, para a apresentação dos indicadores municipais a cada setor da comunidade e a elaboração de novas ideias para o cumprimento dos Objetivos do Milênio.