Mais de 70 famílias do assentamento Recanto Bonito deverão realizar o recadastramento do Cadastro Único para programa sociais do governo federal. Os moradores que até o final de novembro pertenciam o município de General Carneio. Decisão judicial em torno de uma ação do INCRA, determinou que as famílias são moradores palmenses.

Conforme o Departamento de Ação Social, o recadastramento se faz necessário para transferir a documentação antes em General Carneio para a base do município de Palmas, garantido acesso das famílias aos vários programas  que exigem a inserção dos dados no Cadúnico.

Parte das famílias das 78 famílias já procederam o recadastramento na última semana escola do assentamento. No próximo dia 11 de fevereiro o trabalho terá continuidade. Além de dados referentes a ação social, ainda no final do ano passado, também passaram pelo cadastramento educacional, onde todas as crianças em idade escolar foram transferidas para a base de dados de Palmas.

PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

Por outro lado, o departamento de Ação Social já iniciou também os procedimentos de revisão dos dados do cadastro o Programa Bolsa Família do município como um todo. Todas as famílias beneficiárias, que estão a mais de dois anos sem atualizar seus dados, devem comparecer nos pontos de atendimento instalados no CRAS do bairro Alto da Gloria, CRAS do bairro Santuário ou departamento de Ação Social para a regularização. Para o cadastro são necessários documentos como: RG; CPF; Título de Eleitor; Carteira de Trabalho; Certidão de nascimento; Declaração de Matrúcula escolar ( 06 a 16 anos); e Talão de luz;

Bolsa Família atende 6% a população de Palmas. Somente em 2014, o governo federal transferiu um total de R$ 5.345.749,00 para mais de três mil famílias beneficiadas no munício.