O deputado Nereu Moura, líder do PMDB, convocou os professores da rede pública de ensino para derrubar o pacote de projetos do Governo do Estado, que afeta diretamente os direitos da categoria. Pela rede social do Facebook, o parlamentar informa como andam as articulações para impedir a aprovação da proposta.

“Atenção professores do Paraná, pelas contas e contatos que fizemos, quinze deputados já se comprometeram a votar contra o pacote de maldades do governador Beto Richa (PMDB)”, disse. Para derrubar um projeto, que tramita em regime de urgência, são necessários 28 votos. “Faltam, portanto, outros treze votos. Temos que ir atrás e o prazo é curto”, orienta.

“Esse final de semana é decisivo. Não vamos desistir”, apelou. Nereu Moura afirma que chegou a pensar que havia esgotado a capacidade do atual governo em propor ações contra o povo do Paraná. “(…) entretanto, me enganei redondamente. Ontem mais um pacote de maldades chegou à Assembleia Legislativa. Uma verdadeira paulada”, frisou.

O pacote de projetos, ainda segundo Nereu, permite ao governo usar recursos do Fundo de Previdência dos servidores do Estado. “Olha, sou deputado já no sétimo mandato e nunca tinha vivido uma situação tão esdrúxula como essa. Nem mesmo na época do Jaime Lerner”, disse o líder do PMDB, afirmando que irá se pronunciar contrariamente as propostas no Plenário da Assembleia.