A Polícia Civil de Marmeleiro, no sudoeste do Paraná, está investigando o homicídio registrado na comunidade de Barra Bonita, interior do município, no sábado (20) em que foi vítima Deolindo Egídio da Rocha, de 56 anos.

Nesta segunda-feira (22) pessoas ligadas a vítima prestaram depoimento ao delegado Wilkinson Fabiano Oliveira de Arruda, que conduz a investigação. Também nesta segunda, policiais militares e civis fizeram buscas na casa da vítima, onde foram encontrados 22 cartuchos calibre 12, semelhantes ao da arma utilizada no crime. As munições foram apreendidas e encaminhadas para perícia.

Em contato com a editoria do RBJ, o delegado Wilkinson informou que as investigações seguem, porém ainda não é possível repassar nenhuma informação concreta sobre a possível autoria. Segundo ele, outras diligências devem ser feitas nesta terça-feira (23) com intuito de buscar provas que possam auxiliar a polícia na identificação do autor do crime.

A vítima, Deolindo, morava na propriedade em companhia de duas mulheres, uma delas com uma criança de 30 dias. Também foi verificado que os filhos de outro relacionamento tem problemas com a justiça, inclusive um deles faz uso de tornozeleira eletrônica.