Por Evandro Artuzi (09h00)

Prefeitos da região estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira (26), em Francisco Beltrão, na sede da Associação dos Municípios do Sudoeste (Amsop), com o Secretário Estadual do Desenvolvimento Urbano e Superintendente do Paranacidade, Wilson Bley Lispki.
Na oportunidade foram discutidas questões relacionadas ao Programa de Recuperação Asfásltica de Pavimentos (Recap), que prevê quatro modalidades de intervenção em vias danificadas: tapa buracos, reperfilamento, lama asfáltica ou restauração asfáltica.
Para o programa estão sendo disponibilizados recursos que chegam a R$ 100 milhões. Conforme o secretário, 50 % dos municípios da região ainda não enviaram seus projetos à secretaria ou seus administradores tem dúvidas.

Em Cruzeiro do Iguaçu a administração municipal pretende investir os R$ 200 mil do programa na execução de 7 mil metros quadrados de asfalto. Conforme o prefeito Dilmar Turmina (PDT), muitas ruas calçadas com pedras irregulares serão asfaltadas.

Em Renascença, segundo o prefeito José kresteniuk (PSDB), a meta é executar 14 mil metros quadrados de obras.

No lugar de asfalto, calçamento com pedras irregulares. Assim será empregado o recurso do Recap em Pinhal de São Bento, garantiu o prefeito Jaime Carniel (PMDB).

Outro município beneficiado com R$ 200 mil é Enéas Marques. O prefeito Valmor Vanderlinde (PP) destaca a importância do recurso.

O prefeito de Realeza e presidente da AMSOP, Eduardo Gaieviski (PT), comemorou mais esta conquista dos municípios do Sudoeste. O líder municipalista enfatiza que os municípios merecem toda atenção do governo estadual. “Como presidente da Amsop tenho muito orgulho de ver que nossos municípios terão a oportunidade, através de programa, de restaurar suas ruas e avenidas, melhorando até mesmo a sinalização”, disse.

Ouça