Cerca de 1500 pessoas participaram nesta segunda-feira (21) no Expotrade, em Pinhais, da final do programa Agrinho 2019. O evento, promovido pela Faep – Federação da Agricultura do Estado do Paraná, premiou professores, alunos e diretores de escolas das redes pública (municipal e estadual) e particular de educação. O município de Chopinzinho foi representado pelas alunas da Escola de Excelência, Joana Dalmut, e Caroliny Klosoviski Cruz, que receberam um tablet cada uma.

A professora Enedir Cristina Tomazzi Bocchio, diretora da Escola Rural Municipal Visão do Futuro de São Luiz, recebeu a premiação na categoria Escola Agrinho, obtendo a primeira colocação regional e a terceira colocação estadual. A escola também estava concorrendo a um veículo zero km na categoria Experiência Pedagógica, com o projeto da professora Bruna Bolzani Mafessoni, mas infelizmente não obteve êxito. Mesmo não ganhando o prêmio, a professora comemorou o fato de ter classificado seu projeto entre os 20 melhores do Estado.

Já o município de Chopinzinho obteve a primeira colocação regional como município Agrinho. O prefeito Álvaro Scolaro, que acompanhou o evento, ressaltou que a conquista se deve aos investimentos feitos no setor de educação e o bom trabalho desenvolvido pelos professores da rede municipal.

O Agrinho é realizado anualmente e conta com apoio dos sindicatos rurais. O presidente da entidade em Chopinzinho, Tadeu Acorsi, destacou a perseverança e envolvimento de alunos e professores. O líder sindical parabenizou os participantes e aproveitou para convoca-los a participar no próximo ano. Concluída essa edição, a Faep começa a pensar na edição de número 25, que acontece em 2020. O presidente da federação, Ágide Meneghetti, explica que o trabalho da equipe já começou.

Além de Chopinzinho, os outros municípios do Sudoeste participaram da final (São João, Capanema, Ampére e Cruzeiro do Iguaçu) tiveram trabalhos premiados. Em São João foram três escolas. O presidente do Sindicato Rural, Arceni Bocalon, parabenizou os envolvidos e agradeceu o empenho. De Ampére, foi premiado o aluno da APAE, Miguel Ortiz. Ele participou na categoria desenho e ganhou um tablet. Ele disse estar muito feliz com a conquista.

Acompanhe a reportagem Extra FM… 

Fotos: Evandro Artuzi/Viviane Kich – Extra FM