Foi aprovado ontem(04) pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, o projeto de lei 307/2016 que institui a Região Turística dos Vales do Iguaçu no Roteiro Turístico Oficial do Paraná. A proposta é da deputada Claudia Pereira (PSC) e abrange 29 municípios do Sudoeste do Paraná. O objetivo é estimular o turismo, divulgar as belezas naturais e culturais da região, fomentando a economia nestas cidades. O Projeto de Lei agora segue para votação em Plenário, e se aprovado.

Inseridos no Mapa do Turismo Brasileiro, o novo roteiro abrange os municípios de Ampére, Barracão, Bom Jesus do Sul, Bom Sucesso do Sul, Capanema, Chopinzinho, Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Coronel Vivida, Cruzeiro do Iguaçu, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Honório Serpa, Itapejara D’Oeste, Mangueirinha, Mariópolis, Nova Prata do Iguaçu, Palmas Pato Branco, Pérola D’Oeste, Pranchita, Realeza, Renascença, Santo Antonio do Sudoeste, São João, São Jorge D’Oeste, Sulina, Verê e Vitorino.

15894312_1438670382844705_3488699608490783310_n
  • Compartilhe no Facebook

Alagado do Iguaçu/Mangueirinha

A diretora de Turismo de Palmas, Carine Ambrósio, avaliou que a criação do roteiro dará maior força na divulgação e promoção dos atrativos ainda pouco conhecidos do grande público. “Palmas tem um grande potencial como a beleza da usina eólica, é a região mais fria do Paraná, possui o Parque da Gruta com uma cachoeira em pleno centro da cidade, além do roteiro de turismo religioso”, disse.

A cidade, segundo Carine, também abriga um excelente roteiro para turismo rural, de aventura, três comunidades quilombolas, duas aldeias indígenas “e um povo hospitaleiro que gosta de receber bem os visitantes”, concluiu.