A 7ª Regional de Saúde promoverá de hoje(18) até dia 20 de fevereiro a “Oficina de Capacitação de Prevenção do Câncer Ginecológico e Planejamento Reprodutivo”. Este evento é fruto da análise epidemiológica dos indicadores e da discussão desses dados entre a Secretaria Estadual de Saúde e os municípios da Regional com vistas a  redução dos índices de mortalidade infantil e a realização de ações de prevenção da mortalidade infantil.

Em 2013, 57 crianças menores de um ano morreram na região. Do total 25 óbitos ocorreram em Palmas, com uma taxa de mortalidade infantil de 28,05 óbitos por mil nascidos vivos. A taxa  nos 15 municípios é de 14,6 óbitos por mil nascimentos.

Estão na pauta de discussões e treinamentos  a prática supervisionada para coleta de exame Citopatológico; Inserção de DIU; Oficina Pré Natal, Pré Parto, Parto Puerpério e atenção à mulher e homem vítimas de violência.

O público alvo é composto por estudantes, professores, profissionais que atuam nas Equipes da Saúde da Família (ESF), da Atenção à Saúde da Mulher, da Atenção Primária à Saúde, médicos, enfermeiros, agentes comunitário de saúde, auxiliares e técnicos de enfermagem e equipes dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF). O curso deverá contar ainda com a presença de representantes do Ministério Público, Conselho Municipal de Saúde, Assistencial Social, Setor Educacional, Instituições de Ensino Superior  e Hospitais. 

Nessa terça-feira  a oficina será realizada em Palmas, no auditório  do CPEA, no centro da cidade, das 08h30 às 16h30, envolvendo ainda os  municípios de Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Honório Serpa, Mangueirinha e Mariópolis.

Amanhã19, os grupos 1 e  grupo 2 (Bom Sucesso do Sul, Chopinzinho, Coronel Vivida, Itapejara D’Oeste,  Pato Branco, São João, Saudade do Iguaçu, Sulina e Vitorino) realizarão as atividades na FADEP em Pato Branco. Já na quarta-feira(20) voltarão a estar reunidos novamente em Pato Branco.

Ouça a entrevista: