Ao menos 24 prefeituras da microrregião de Francisco Beltrão estão inscritas no Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), uma parceria entre instituições para viabilizar moradia a agricultores de baixa renda. Nesta semana, técnicos dos municípios participaram de encontro na Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná) para tratar do processo de viabilização dos projetos.

Representantes da Cohapar, Seab e Emater participaram da reunião para detalhar a complementação de documentos de cada prefeitura. A Caixa também é uma das instituições envolvidas no programa e responsável pela análise dos projetos de habitação.

No PHNR, serão priorizados os agricultores com renda de até R$ 17 mil por ano e que se enquadram na faixa 1 do programa. Depois, também podem ser contempladas as famílias da faixa 2, com renda de até R$ 32 mil anuais. Em todo o país serão construídas 12 mil casas. Devido a característica de pequenas propriedades, o Sudoeste deve ser contemplado com boa parte destas moradias rurais.