por Ivan Cezar Fochzato

 

Os municípios de Coronel Domingos Soares, Bituruna, General Carneiro e Palmas, localizados na bacia do Rio Iratim, estarão recebendo investimentos na geração de energia elétrica através da construção de PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas).Estudos indicam que o Iratim, com 173 quilômetros desde a sua nascente até a foz no Rio Iguaçu, pode ter um aproveitamento de 96,3 megawatts distribuídos em seis PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas.

 

A EPP Energia (Empresa Paranaense de Participações S/A) deu início ao projeto de implantação da PCH Faxinal dos Santos – nome dado ao empreendimento. A unidade terá uma capacidade para gerar 16,4 MW. O custo estimado para a construção é de R$ 60 milhões de reais.

 

Informações preliminares dão conta de que todo o estudo ambiental já foi feito, a EPP já deu entrada no pedido de Licença Prévia de instalação junto ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e está no aguardo da liberação para dar prosseguimento ao projeto, que deverá também contemplar as audiências públicas.

 

Em General Carneiro, a expectativa da empresa era realizar no próximo mês a audiência, “uma intenção ainda não concretizada”, relata o gerente de empreendimento da empresa, engenheiro Marco Aurélio Sprenger Ribas.As audiências também serão realizadas nos municípios de Bituruna, Palmas e Coronel Domingos Soares. Durante o ato público será feita a distribuição de folders com todas as informações necessárias para serem repassadas a população.

Além desses folders, as prefeituras das quatro cidades já receberam um material com todo o estudo ambiental já realizado A barragem da pequena central hidrelétrica ficará dentro do território de Coronel Domingos Soares e a área de alagamento afetará propriedades dos três municípios.Além do rio Iratim, haverá alagamento em parte da encosta do rio Lajeado Grande.

 

 

O prefeito de General Carneiro, Ivanor Dacheri, relatou que a administração está à disposição da EPP no que for necessário para a implantação deste empreendimento. Ele salientou que apesar de a barragem não ser feito dentro do município, haverá benefícios com relação a postos de trabalho para a construção do empreendimento de outras receitas.

 

 

O prefeito de Coronel Domingos Soares, Mauro Correa de Almeida, destacou que seu município também já concedeu a licença para que os projetos possam ter andamento. No município de Coronel Domingos Soares estão previstas entre dez e doze Pequenas Centrais Hidrelétricas. Quatro projetos também envolveriam o território do município de Palmas.

da redação com  informações  PGC Notícias