Os salários das mulheres da microrregião de Palmas são, em média, 16,2% menores que os dos homens, conforme levantamento da Rádio Club/RBJ junto ao Ministério do Trabalho e Emprego. Os dados referem-se ao ano de 2017, último período com informações consolidadas. Em comparação a 2016, a diferença salarial na região diminuiu, mas ainda está acima das médias estadual e nacional.

Em Honório Serpa é verificada a maior discrepância entre salários, com as trabalhadoras ganhando 23,02% menos que os trabalhadores. No município, a média salarial dos homens é de R$ 2.470,67 – a maior da microrregião – enquanto que as mulheres recebem R$ 1.902,04, em média.

Por sua vez, Mangueirinha apresenta uma diferença salarial entre gêneros de 21,39%. Em Clevelândia, elas estão ganhando 15,08% menos, enquanto que em Palmas o percentual é de 15,06%.

Já em Coronel Domingos Soares é registrada a menor diferença de salários entre homens e mulheres, com elas recebendo, em média, R$ 1.832,22, cerca de 3,75% menos que o salários médio dos trabalhadores do sexo masculino, que é de R$ 1.894,34.

Em nível de Estado, a diferença salarial entre homens e mulheres é de 13,17%, com a média salarial dos homens em R$ 3.092,94 e a das mulheres em R$ 2.685,52.

Já em nível nacional, as mulheres estão ganhando 14,87% menos, com salário médio de R$ 2.708,71, enquanto que os homens alcançam ganhos médios de R$ 3.181,87.

Diferença salarial entre homens e mulheres na microrregião de Palmas/PR – Ano base 2017
MunicípioHomensMulheresMédiaDiferença percentual
PalmasR$ 2.229,80R$ 1.893,89R$ 2.102,85-15,06%
Cel. Domingos SoaresR$ 1.894,34R$ 1.823,22R$ 1.867,86-3,75%
ClevelândiaR$ 2.126,46R$ 1.805,70R$ 1.992,92-15,08%
Honório SerpaR$ 2.470,67R$ 1.902,04R$ 2.233,74-23,02%
MangueirinhaR$ 2.239,21R$ 1.760,04R$ 2.006,89-21,39%
Média/TotalR$ 2.192,10R$ 1.836,98R$ 2.040,87-16,20%