Uma idosa foi vítima de supostas Assistentes Sociais, nesta terça-feira(26) em Palmas, sul do Paraná. Da residência subtraíram um aparelho celular e registraram diversos números de documentos pessoais.

Conforme a filha da vítima,  três mulheres chegaram em uma caminhonete Ranger, cor preta, se dizendo assistentes sociais que precisavam conversar com a mulher, que se encontrava, naquele momento, sozinha na residência. Descreveu como sendo uma mulher loira, gorda; uma magrinha e outra de estatura média, morenas.

Após adentrarem e pedir algumas informações, duas delas solicitaram licença para ir ao banheiro. Logo na sequência, disseram a moradora que precisavam deixar o local para visitar outras casas, mesmo diante da insistência de que aguardassem a chegada da filha,  que tinha ido ao supermercado.

Quando voltou das compras, a mãe lhe contou o ocorrido, fato que considerou estranho pelas circunstâncias da visita e pela quantidade de informações que dispunham sobre a família. Ao apanhar o celular, não mais o encontrou. Tentou ligação, mas, já estava desativado.“ Estou relatando isso para que outras pessoas não sejam lesadas por estas falsas assistentes sociais”, contou ao RBJ