• Compartilhe no Facebook

Um grupo de 50 famílias integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) ocupou, no inicio da manhã desta sexta-feira (18), uma fazenda de propriedade da empresa Miguel Forte, localizada às margens da BR-153, em General Carneiro, Sul do Paraná.

Segundo a coordenação do movimento,  o ato é um “anseio de pessoas que se encontram sofrendo com a falta de emprego e precisam de uma alternativa de emprego“. Ainda segundo informações, “o sistema do acampamento será de agrovila, com produção de hortaliças, sendo proibido o uso de veneno. Também é proibido, no acampamento, a retirada de madeiras do terreno, o uso de drogas ilícitas e o envolvimento com tombamentos de cargas de caminhão da rodovia“.

O movimento ressalta que a ocupação é apenas na margem da rodovia BR-153, enquanto aguardam a vistoria do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).

A ocupação ocorreu de maneira pacífica. A Polícia Militar monitora o local para evitar conflitos entre os integrantes do MST e moradores locais.