Aproximadamente cem pessoas, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra(MST), desocuparam uma área rural pertencente a família de Kiko Alécio, na Linha Bom Sucesso, interior de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina. A Justiça já havia determinado a reintegração de posse a ser cumprida nesta quarta-feira(14).

Choq e cav
  • Compartilhe no Facebook

Força já estava mobilizada para a reintegração de posse

Conforme relatou ao RBJ o jornalista da Rádio Rádio Liberdade FM e Jornal O Falcão, Moacir Chaves,  a área foi deixada pacificamente após entendimento entre as lideranças do Movimento, Justiça Agrária, Polícia Militar e autoridades de município. A desocupação ocorreu antes da ação de reintegração de posse que empregaria  o pelotão de Choque da Capital, Cavalaria, Canil Pelotão de Patrulhamento Tático, o PPT.

Parte das 40 famílias retornou para outra área que está no aguardo de decisão judicial, também em Abelardo Luz. Outras se juntaram às demais que ocupam a fazenda de propriedade da família Prezzotto, em Xanxerê.