O Ministério Público da Comarca de Mangueirinha, Sudoeste do Paraná, encaminhou Recomendação Administrativa (RA) para que o Poder Executivo local suspenda imediatamente o pagamento de eventual contribuição à Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (AMSOP).

Conforme o Promotor, João Luíz Marques Filho, chegou ao seu conhecimento que o município de Mangueirinha realiza mensalmente repasse de verbas públicas à referida associação, entidade de natureza privada, de caráter representativo. Informa, ao longo da RA, que somente no ano de 2016, foram transferidosR$ 94.853,00, o que pode caracterizar infringência aos princípios da legalidade, da moralidade, impessoalidade e eficiência, conforme Art 37 da Constituição Federal.

O Ministério Público ainda recomendou que a Administração local garanta publicidade à Recomendação, possibilitando aos munícipes a ciência de seu teor, inclusive comunicando o órgão expedidor sobre eventual descumprimento da mesma, para que sejam tomadas as providências pertinentes. O prazo dado ao Executivo para manifestação sobre providências é de 20 dias, a contar de 13 de Março.

LEIA MAIS –Vereador de Mangueirinha defende recomendação do MP/PR para suspensão de repasses à AMSOP