Por: Francione Pruch
Fonte: Assessoria de Comunicação Ministério Público do Paraná
 
 

O Ministério Público do Paraná propôs, nesta quinta-feira, 2 de agosto, ação civil pública de responsabilidade por ato de improbidade administrativa contra o prefeito e o secretário municipal de esportes de Chopinzinho, na região Sudoeste do Paraná.
De acordo com Promotoria de Justiça, o secretário acumulou também o cargo público de professor do Estado, com 28 horas semanais, além da pasta na Secretaria Municipal de Esportes. A ação refere ainda que o secretário é também o responsável técnico por uma academia em Chopinzinho, com 42 horas semanais de serviço, com o conhecimento e anuência do prefeito municipal.
O MP-PR requer a condenação dos envolvidos por ato de improbidade administrativa, com o ressarcimento integral dos valores salariais acumulados pelo secretário desde 2009.