transito
  • Compartilhe no Facebook

Avenida Júlio Assis Cavalheiro na esquina com a rua Ponta Grossa.

Em condições normais o trânsito beltronense já é complicado. Aliado a isso, junte o final de ano, chuva e muitas pessoas em férias. Quem resolveu ir ao centro da cidade, principalmente na avenida Júlio Assis Cavalheiro teve de exercitar a paciência e ter muita habilidade para desviar do trânsito. Hoje a avenida estava repleta de carros, motos e vans de entregas, por isso, muitas pessoas optaram por estacionar o carro numa rua mais tranquila e encarar a pé o sobre e desce da avenida.

Breno Henrich é de Curitiba e está em Francisco Beltrão há 10 dias. Ele considera que o trânsito beltronense é mais complicado do que da capital “o movimento de hoje aqui em Beltrão é maior do que em Curitiba. Esse tumulto só é registrado lá, em horários de pico. Acho que deveria ter mais sinaleiros do que rotatórias” disse Breno.

Outro que avaliou o trânsito foi André Savarro que trabalha na avenida. Ele afirmou que “ em alguns horários, o trânsito trava na rotatória da Júlio Assis com a Ponta Grossa e fica parado por até cinco minutos”. André disse ainda que algumas pessoas deveriam evitar o centro da cidade, caso não se sintam seguras para dirigir em meio a tantos veículos.