Por um aumento digno de correção de inflação que foi de 9.97 no período de um ano e um reajuste de ganho de 5.7%, os bancos entram em greve em Chopinzinho, o que foi oferecido para os trabalhadores foi um reajuste de 5.5% e um abono de 2.500 reais. Além disso a reivindicação dos bancários é que aumente o efetivo de trabalhadores nos bancos, pois segundo Paulo Minozzi membro do sindicato regional dos bancários, os servidores estão sobrecarregados e não estão conseguindo realizar da melhor forma os trabalhos e atendimentos, sem contar que o psicológico dos trabalhadores também está sendo afetado.

Minozzi explica que os trabalhos de atendimento ao público não existe, somente atendimento nos auto atendimentos (caixa eletrônico), a greve de reivindicação deve chegar em todo o Paraná, em Coronel Vivida os bancos ainda trabalham normalmente, mas segundo Paulo a greve deve chegar ao município vizinho ainda nesta quinta-feira (15).

Ainda não existe nenhuma resposta superior diante da greve, e o movimento deve aumentar ainda mais para conseguir os reajustes desejados pela classe.