Durante entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (13), o delegado da Comarca de Marmeleiro, no Sudoeste do Estado, Marcos Mauricio Pestano, revelou detalhes da investigação sobre o envolvido no atropelamento que matou duas pessoas e deixou outras duas feridas em Flor da Serra do Sul, na BR 280, no sábado (08), à noite.

Conforme o delegado, o acusado de dirigir o Monza, com placas de São Miguel do Oeste (SC), se apresentou na tarde de quarta-feira (12) na Delegacia de Marmeleiro para prestar esclarecimentos. Na ocasião, assumiu que estava acompanhada de mais duas pessoas e dirigia o carro.

No depoimento alegou que teria perdido o controle da direção indo de encontro as vítimas, além e cair numa canaleta. O veículo foi abandonado na cidade de Palma Sola (SC), onde o acusado mora. Conforme Marcos Pestano, o carro já passou por perícia e como as investigações ainda não foram concluídas, preferiu não repassar mais detalhes.

O responsável pelo acidente, a princípio, foi autuado por crime de trânsito e omissão de socorro. Ele não teve o nome revelado e vai responder em liberdade. No acidente morreram Daniel Marques Sutil, 18 anos, e Fábio Pazini Barivieira, 22 anos. Os demais ficaram gravemente feridos e permanecem hospitalizados.