Por Evandro Artuzi com informações CGN Cascavel
O apresentador da TV Tarobá, José Roberto Neto, morreu na manhã de hoje (25), quando se preparava para realizar um exame, em uma clínica na região central de Cascavel. De acordo com o setor de jornalismo da televisão, Neto havia sofrido um princípio de infarto ontem. A Nuclevel confirmou a informação de que Neto morreu aguardando a realização de uma cintilografia do miocardio.


História
José Roberto Neto começou sua carreira como operador de áudio na rádio Verdes Campos de Cascavel, depois trabalhou alguns anos na rádio Jornal de Assis Chauteaubriand, onde se destacou como locutor de programas para jovens e esportivos. No final de 1988 Neto foi trabalhar para Rádio Independência de Cascavel (hoje Rádio Cidade), ganhando destaque como apresentador de programa policial; nesse período foi assessor do Deputado Federal Maurício Nasser.

No início de 1989, José Roberto Neto foi contratado pela TV Tarobá. No começo, Neto desempenhava a função de repórter policial, no programa Lorival Neves. Em seguida passou para o departamento de jornalismo, cobrindo, inclusive, matérias de repercussão a nível nacional ao vivo para a Band. Também trabalhou na área de Esportes da TV Tarobá.

José Roberto Neto foi pioneiro na apresentação de programas polêmicos de TV a Cabo, ficou dois anos afastados da TV Tarobá devido a um projeto político neste período, e apresentou um programa popular na Rádio Capital de Cascavel. No seu retorno a TV Tarobá, Neto apresenta o Jornal Primeira Hora que ajudou a criar na emissora. José Roberto Neto apresentava os programas “Primeira Hora” e “Tarobá Cidade”.