Por Larissa Mazaloti

 

Matéria: Thea Tavares – Assessoria de Imprensa

 

Em audiência, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, acenou positivamente para os dois pleitos da região Sudoeste. Ele garantiu apoio à liberação de recursos superiores a R$ 2,6 milhões, a fim de acelerar o andamento no período de um ano da fila das cirurgias eletivas na área de abrangência da 8ª e da 7ª regionais de Saúde. Ao todo, 5.300 pacientes aguardam uma cirurgia nas regionais de Francisco Beltrão e Pato Branco.

 

O ministro também apoiou a iniciativa de liberar o credenciamento do CEONC – Centro de Oncologia de Cascavel – ao Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento de pacientes com câncer na região. “Ele afirmou que tão logo a bipartite autorize o credenciamento no estado e envie essa documentação para Brasília, ele dará prosseguimento no processo de credenciamento”, disse a deputada Luciana Rafagnin (PT).

 

Participaram da audiência, além da parlamentar, o deputado federal Zeca Dirceu (PT), a presidente do Conselho Regional de Secretários de Saúde – Cresems – da 8ª Regional, Cíntia Ramos, de Francisco Beltrão, a presidente do Cresems da 7ª Regional e secretária de Saúde de Chopinzinho, Ivete Maria Lorenzi, o prefeito de Francisco Beltrão, Wilmar Reichembach (PSDB), o presidente da Associação dos Municípios do Sudoeste – Amsop, Clóvis Cucolotto (PR), que representa os 42 municípios sudoestinos e o dirigente do PT de Francisco Beltrão, Eduardo Scirea.