INPDFViewer-page-001
  • Compartilhe no Facebook

Clique para ampliar

O Ministério da Agricultura publicou nesta quarta-feira (28), no Diário Oficial da União, o Plano de Contingência da Cydia pomonella, praga que atacou parte dos pomares de maçã do país e que após muito tempo, investimentos públicos e mão de obra foi considerada extinta do território nacional. A Instrução Normativa Nº 35 era uma das demandas apresentadas pelos produtores de maçã já há muito tempo.

Em 2014, o então ministro da pasta, Neri Geller, na assinatura do status fitossanitário, certificando que o Brasil estava livre da praga, comprometeu-se com o setor em trabalhar para a elaboração e publicação da norma.

INPDFViewer (1)-page-001
  • Compartilhe no Facebook

Clique para ampliar

No último dia 06 de outubro, em Brasília, durante a Audiência Pública da Maçã, na Comissão Parlamentar de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, lideranças do setor fruticultor, dentre eles, o presidente da Frutipar, Ivanir Dalanhol, reiteraram o pedido sobre o Plano de Contingência.

Segundo a publicação, será insitituído um Grupo Nacional de Emergência Fitossanitária, que deverá propor medidas para aprimorar o Plano de Contingência da Cydia, coordenar e avaliar atividades do Plano, propor ações de educação fitossanitária, dentre outras competências. O documento também determina procedimentos a serem adotados em caso de suspeita da doença, além de orientações aos produtores.