Um empresário palmense revoltado com os mijões de plantão que durante as noites fazem do estacionamento de seu estabelecimento comercial um verdadeiro banheiro público, enviou a redação do RBJ, imagens de dois homens que despreocupados com o movimento na área central da cidade fazem suas necessidades em via pública.

Urinar da uma sensação de alivio para aquele que a faz e uma tremenda dor de cabeça para o dono do local onde a urina foi depositada no caso desse empresário o muro que divide uma loja do seu estabelecimento comercial.

Segundo ele o mau cheiro é insuportável, além dos prejuízos que tem em realizar a manutenção do espaço duas ou três vezes ao ano, tudo por causa dos mijões. Relatou que todos os dias flagra alguém fazendo suas necessidades fisiológicas no local, mais que a incidência maior ocorre nos finais de semana.