A microrregião de Palmas deverá consumir mais de R$ 1,5 bilhão em bens e serviços até o final do ano. Os dados são da IPC Marketing, responsável pelo levantamento do Índice Potencial de Consumo (IPC), indicador que aponta a expectativa de gastos por parte da população de cada município durante o ano.

O estudo baseia-se no crescimento econômico e populacional, tendências de consumo e na inflação. As despesas são classificadas nas seguintes categorias: Alimentação no Domicílio; Alimentação Fora do Domicílio; Bebidas; Manutenção do Lar; Artigos de Limpeza; Mobiliários e Artigos do Lar; Eletrodomésticos e Equipamentos; Vestuário Confeccionado; Calçados; Outras Despesas com Vestuário; Transportes Urbanos; Gastos com Veículo Próprio; Higiene e Cuidados Pessoais; Gastos com Medicamentos; Outras Despesas com Saúde; Livros e Material Escolar; Matrículas e Mensalidades; Despesas com Recreação e Cultura; Despesas com Viagens; Materiais de Construção e Outras Despesas.

Abaixo estão as estimativas de gastos da população dos cinco municípios da microrregião de Palmas:

Município                                                            IPC

Palmas                                                               R$ 773.711.248

Coronel Domingos Soares                              R$ 86.893.685

Clevelândia                                                       R$ 297.714.918

Mangueirinha                                                   R$ 302.274.495

Honório Serpa                                                  R$ 84.433.901

A pesquisa é realizada anualmente e baseia-se nos dados disponíveis dos Censos de 2000 e 2010, das Pesquisas Nacional por Amostra de Domicílios e nas Contas Consolidadas da Nação, contabilizadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Além disso, leva em conta também as pesquisas intercensitárias, como as estimativas da população dos cerca de 5,5 mil municípios brasileiros.