O governo municipal encaminhou à Câmara de Vereadores proposta de alteração da lei que institui o Estacionamento Rotativo Regulamentado(ESTAR) no município de Palmas, sul do Paraná. O objetivo é estabelecer tempo único para as vagas.

  • Compartilhe no Facebook

Embora o sistema nunca tenha entrado em operação, o Executivo pretende que a legislação de 2015, que prevê tempos de meia, uma e duas horas, seja alterada para período único de cobrança de uma hora.

Conforme a mensagem do prefeito, Kosmos Nicolaou,  as múltiplas durações prejudicaria, pelo menos inicialmente, a fiscalização pelo órgão de trânsito(Depaltran). Conforme a nova redação, para a utilização da vaga, o usuário deverá adquirir, de forma eletrônica, apenas bilhetes com validade de sessenta minutos.

A  implantação do ESTAR no município vem sendo discutida há pelo menos 18 anos. Após reprovação pela Câmara no início dos anos 2000, outros dois Projetos tramitaram na Casa, favoravelmente. A mais recente legislação, neste sentido, é de 2015. Novas mudanças na Lei(2291) serão votadas nas próximas sessões. A matéria foi encaminhada na noite desta segunda-feira(25) para análise das comissões da casa.

O prefeito já havia manifestado, no início deste ano,  a intenção de implantar o serviço. Disse que o sistema não será terceirizado e  para evitar abusos contra os usuários será gerenciado pelo poder público“Eu não quero uma fábrica de multas na cidade”, disse ele.  Deverão ser disponibilizadas  mil vagas em diversas ruas centrais.