Membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) realizou nesta quarta-feira (30), um manifesto em frente ao Fórum da Comarca de Abelardo Luz, oeste de Santa Catarina, pedindo agilidade nos processos de regularização de terras para as famílias do Acampamento Euclides dos Santos Rodrigues (Quide), localizado entre Abelardo Luz e Ipuaçu.

Pela manhã, os militantes fizeram uma marcha pelas ruas da cidade até o Fórum, onde permaneceram durante o dia. De acordo com a direção do movimento, a data limite para que as famílias permanecessem no local seria até ontem (30). Mais de 500 famílias ocupam a propriedade desde o ano passado. Em nota, o MST diz que o manifesto é uma forma de pedir agilidade e afirma que as famílias permanecerão no acampamento.