11938204_1494757020835468_1286709410_n
  • Compartilhe no Facebook

Juizes Federais, Gisele Lemke e Marlus Magierski com prefeito Andraschko. Foto: Miranda/RBJ

Na tarde desta quarta-feira, 02, o município de Palmas, recebeu a visita da diretora do Foro da Justiça Federal no Paraná, juíza Gisele Lemke. O objetivo foi conhecer as estruturas oferecidas pela prefeitura para a instalação de uma UAA – Unidade Avançada de Atendimento da Justiça Federal.

Acompanhada do Diretor Administrativo da JFPR, Juiz Marluz Augusto Magierski e do Diretor do Núcleo de Apoio Operacional, Hélio Fernando Costa Renoud, a diretora visitou duas instalações que serão avaliadas por equipe técnica para ver ser atendem as especificações para a instalação da Unidade. As visitas foram acompanhadas pelo prefeito de Palmas, Hilário Andrascko (PDT),  pelo procurador jurídico do município, Rudimar Rhinow e assessores da administração.

No gabinete do prefeito, Dra. Gisele Lemke, informou ao RBJ que já esta no programa da Justiça Federal do Paraná, a instalação da Unidade local. “Nós dependemos do que o município possa oferecer em termos de imóvel e que este seja adaptado às necessidades da Justiça Federal, principalmente em sua capacidade de instalação de estrutura lógica”, explicou.

Conforme ela, agora o setor de engenharia irá proceder a uma análise de fotos, documentos e relatórios procedidos em Palmas para possíveis e necessárias adequações de um dos espaços escolhidos. “Esses imóveis precisarão de adaptações, pois não foram construídos com esse fim e como já há sinalização positiva pela prefeitura quanto a investimentos, acredito que já no início do próximo ano a Unidade poderá ser instalada”, frisou,

A Juíza explicou que a criação das unidades avançadas é um projeto do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que visa tornar a justiça mais acessível para o cidadão, em sua maioria de pessoas de menor poder aquisitivo, e que atualmente são obrigadas a se deslocar para Pato Branco a fim de serem atendidas. Salientou que apesar de estarem sendo disponibilizados todos os serviços presentes, por exemplo, em Vara da Justiça Federal. “O que se tem constatado que a maior demanda nas unidades já instaladas está relacionadas a questões previdenciárias, de ações contra o INSS”, informou.  No local além de espaço para atendimento ao cidadão, haverá sala para a realização de audiências e perícias.

Posteriormente deverá ocorrer o processo de definição de um servidor da JFPR para vir residir no município para tomar conta da unidade, que poderá atender também usuários de outros municípios da região. “A unidade está sendo instalada para atender o município, mas nada impede que outros municípios da região utilizem de toda a estrutura para a obtenção dos serviços”, explicou.

O prefeito, Hilário Andraschko, considerou que a instalação da Unidade é de fundamental importância para trazer os serviços hoje oferecidos em outras cidades para próximo dos munícipes. Além disso, configura Palmas como um centro regional de serviços. “ Esse também é um fator muito importante  que vem sendo trabalhado pelo Movimento Palmas Desenvolvida  para o crescimento e desenvolvimento do município”, disse o prefeito.