Um médico que prestava serviço na rede municipal de saúde de Pato Branco foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (25). O profissional foi detido no momento em que batia o cartão no CAPS, onde desempenhava suas funções.

A prisão foi motivado pelo fato do médico, que não teve o nome revelado, bater o cartão e ir atender em clinicas particulares durante o período em que deveria estar a serviço do município. No momento da abordagem o profissional estava com uma porção de maconha, que pesou cerca de 40 gramas. Ele vai responder por crime contra a administração pública e posse de droga.

De acordo com o delegado Nilmar Manfrin, o médico foi autuado em flagrante e permanece recolhido a disposição da justiça.