Por Luiz Carlos Baggio

 

 

Marreco e Marechal fizeram um grande jogo ontem à noite, no Arrudão, pela terceira rodada da Série Ouro. O Marreco, apesar de desfalcado de três titulares, começou muito bem e partiu em busca do gol. No primeiro tempo, enquanto o time visitante cadenciava o jogo, o Marreco explorava a velocidade de seus jogadores. No início da partida, a equipe beltronense perdeu sucessivas chances de gol, com Giba e Rato, que não acertaram as finalizações. Aos 10 minutos, falta cobrada para Rato que bateu colocado e o goleiro Chico defendeu. O jogo era eletrizante, na bola, com poucas faltas.

Uma das maiores chances do Marechal aconteceu num chute de Renan, Barbosa defendeu, a bola ainda tocou na trave e foi para escanteio. No final do primeiro tempo, Gadeia, recebeu livre, mas Barbosa salvou.

No início do segundo tempo, Serrão acertou a trave em jogada decontra-ataque. Pouco depois, o Marreco respondeu quando no contra-ataque, Rato tocou forte demais quando tentou servir Rômulo.

Jean Neguinho, em jogada de velocidade, escapou livre e chutou forte, mas a bola subiu demais e passou sobre o gol. O jogo seguia equilibrado. O Marechal teve grande chance, quando Valença acertou o travessão, no rebote Gadeia tentou o voleio, mas errou o alvo.

Aos 12 minutos, sem muitas opções para troca, os jogadores do Marreco já mostravam cansaço. Mesmo assim, continuava criando oportunidades. Na cobrança de falta, Giba bateu forte, mas Chico defendeu.

O Marechal fazia valer o excelente entrosamento e passou a pressionar, a cinco minutos do final e tinha o domínio da partida.

Numa roubada de bola, Dyego, em chute à queima roupa acertou o arremate, mas Barbosa fez boa defesa.

O Marechal chegava com perigo o tempo todo, mas o Marreco não descuidava da marcação, embora o goleiro Barbosa tenha sido muito exigido nos instantes finais.

Faltando pouco mais de um minuto, o técnico Marquinhos Xavier pediu tempo e colocou goleiro linha.

Giba ainda perdeu grande chance no contra-ataque, quando Giba chutou, mas a bola foi desviada para escanteio.

E o jogo terminou sem gols. O torcedor do Marreco aplaudiu em pé no apito final. “Foi um grande jogo, as duas equipes jogaram pra cima” comentou o técnico Marquinhos Xavier.