O IDEB-Índice de Desenvolvimento da Educação Básica é realizado a cada dois anos.  Ele serve para monitorar a qualidade da educação brasileira, tentando, pelo menos, atingir as metas projetadas até 2021, que varia de acordo com cada escola, município ou estado. Aos municípios compete o ensino fundamental nos anos iniciais.

Para calcular o índice, é feito o cruzamento das taxas de aprovação, medidas no Censo Escolar 2017, com o desempenho dos alunos do 5º ano, do 9º ano e do 3º ano nas provas de Língua Portuguesa e de Matemática, para avaliar o conteúdo apreendido.

Desde a implantação do IDEB, em 2007, os municípios têm metas a cumprir até 2021.  E este ano, o índice do IDEB em Marmeleiro surpreendeu. Em 2015, a média foi de 6.6. A meta para 2021 seria de 6.9. mas, a nota subiu e alcançou 7.0.

Outro dado interessante, apresentado no site do IDEB é que, dos 399 municípios do Paraná somente 43 tiraram nota a partir e acima de 7.0, e Marmeleiro é um deles.

Para a Diretora de Educação e Cultura de Marmeleiro, Marilce Bednarski, a nota 7.0 representa um grande avanço. “O nosso município tem procurado manter os momentos de formação continuada e de atualizações de conhecimento. São essas ações que refletem diretamente no aprendizado dos nossos alunos. É um resultado que aparece não apenas pelos alunos de 5 º ano mas, demonstra um caminho que vem sendo feito com  cada professor  e turma pelos anos que o aluno passou na escola. Essa nota significa que nossos professores estão  comprometidos com a educação do nosso Município”, avaliou Marilce.
Para o prefeito de Marmeleiro, Jaimir Gomes, esse resultado deve ser comemorado porque “sinaliza que estamos indo na direção certa”. Jaimir lembra que “acreditamos na educação, por isso, investimos na formação continuada e no aperfeiçoamento contínuo dos nossos professores, que estão comprometidos com a sua missão e, essa nota, reflete a dedicação e o empenho que nossos professores  têm com a educação ”.