Símbolo da luta pelo fim da violência contra a mulher e punição aos agressores, Maria da Penha, estará em Abelardo Luz, Santa Catarina, no próximo mês de novembro. A  também vítima que deu o nome à Lei nº 11.340, estará participando do 2º Seminário “Pelo Fim da Violência Contra a Mulher”.

O evento promovido Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres e da Prefeitura de Abelardo Luz, com apoio do Conselho da Comunidade estará sendo realizado no dia 29 de novembro. O seminário faz parte da campanha dos “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” e que tem por objetivo  proporcionar alternativas de vida e resgatar autoestima das vítimas. Conforme a presidente de uma das entidades promotoras, Maria Carolo, a contribuição de  Maria da Penha será muito importante para fazer a diferença na vida das mulheres e para sua libertação.

Maria da Penha é cearense de Fortaleza, farmacêutica bioquímica pela Universidade Federal do Ceará, com mestrado em parasitologia em análises clinicas pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo. Hoje aposentada, em maio de 1983 ela foi vítima do marido Marco Antonio Heredia Viveros, levando um tiro nas costas enquanto dormia, ficando paraplégica. Marco Antônio foi julgado e condenado por duas vezes, mas saiu em liberdade devido aos recursos impetrados pelos advogados de defesa.