Cerca de 800 pessoas participaram da cerimônia de posse da nova diretoria da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap) sexta-feira, 17, no Restaurante Madalosso, em Curitiba. E o presidente da Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb) Marcos Guerra foi empossado vice-presidente do setor de Indústria da Faciap. Empresário do ramo de alumínios, Marcos avalia sua nomeação para o biênio 2017/2018. “A nossa região estava muito bem representada [na posse] com várias lideranças do Sudoeste, que compreende a Cacispar. É um cargo bastante representativo, isso mostra a força que a associação empresarial tem junto à Faciap”, diz Marcos.

E uma forte crise econômica e política tem abalado o Brasil desde 2014, resultando inclusive no impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT). Nestes últimos anos o que se vê são o aumento do desemprego e a redução de capital estrangeiro no País. Contudo, Marcos Guerra entende que os empresários estão mais animados, com o sentimento de que cada um deve fazer a sua parte. “Mas estamos preocupados porque o governo, em nível estadual e federal não está fazendo a sua parte. Precisamos de um governo mais enxuto, que gaste menos. O que a gente observa é que a sociedade civil organizada está cumprindo com o seu papel, porém os governantes não estão tendo esse cuidado. É o que todos comentavam lá em Curitiba, que os governantes têm gastado muito. O Brasil precisa ter um custo administrativo menos burocratizado”, opina Marcos.

“Além disso, a sociedade quer que o governo cumpra com suas obras estruturantes, pois o País tem uma alta carga tributária e uma lei trabalhista complexa, e isso já vem de décadas. Os empresários sozinhos não conseguem mudar o rumo do Brasil”, pontua Marcos Guerra.

Lideranças do Sudoeste, que compreende a Cacispar, na posse em Curitiba. Crédito: Gabriela Brandalise/Faciap
  • Compartilhe no Facebook

Lideranças do Sudoeste, que compreende a Cacispar, na posse em Curitiba. Crédito: Gabriela Brandalise/Faciap

Região Sudoeste

De acordo com Marcos Guerra, “a nossa região tem hoje 94% de indústrias de mini, pequeno e médio porte. Infelizmente grandes indústrias não se instalam no Sudoeste devido à logística de transporte, teremos que buscar novos acessos para nossas indústrias terem mais facilidade para escoar suas mercadorias para os grandes centros. ”

Novo presidente

O empresário Marco Tadeu Barbosa é o novo presidente da Faciap. Ele assume a vaga de Guido Bresolin Junior, que ficou no comando da entidade por dois anos.  Também foram empossados os vice-presidentes do Conselho de Administração, os membros do Conselho Superior e os membros do Faciap Mulher e do Faciap Jovem. Marco Tadeu afirmou que as associações empresariais muitas vezes cumprem o papel que seria do poder público. “As entidades criam projetos e puxam pra si a responsabilidade e resolvem problemas que nem seriam delas. Porque entendem que o nosso papel não é reclamar nem ficar de braços cruzados. O nosso papel também é fazer”, observa o presidente da Faciap.