por Ivan Cezar Fochzato

 

 Desde o último sábado (11) os moradores das vilas Operária I e II em Palmas, adultos e crianças, estão  interromperando o trânsito da Rua José Joaquim Bahls, um dos acessos secundários  da cidade à  rodovia PR 449.O objetivo é exigir uma solução para as condições que os moradores enfrentam para deslocarem-se de suas casas, onde em dias de seca, há excesso de poeira e barro em dias de chuva, por conta das ruas ainda serem de terra.

Nas imediações do Parque de Exposições o trânsito foi interrompido com pedras e uma vala de aproximadamente um metro de profundidade na estrada, impedindo o acesso de qualquer veículo ou transeunte ao local.

Ao repórter Alencar Pereira, da Rádio Club AM, moradores destacaram que a manifestação não tem qualquer cunho partidário e o que os motivou a trancarem as ruas é a longa espera por uma solução definitiva para o problema. Os moradores exigem pavimentação com asfalto ou calçamento e salientaram que não deixarão o local e muito menos permitirão acesso, antes que sejam iniciadas as melhorias reivindicadas.

A Polícia Militar da 2º Cia está acompanhando o manifesto para impedir qualquer situação de conflito.Em contato com o poder executivo local, através da chefia de gabinete, a informação é de que o engenheiro responsável pelo departamento competente encontra-se em viagem, mas que alguém ligado à administração se pronunciar  à respeito do movimento dos moradores e do posicionamento da prefeitura.