Na contramão do cenário Nacional e do Estado, que enfrentam um aumento no número de trabalhadores demitidos, Palmas, sul do Paraná, segue com um saldo positivo na geração de empregos. Segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), entre Janeiro e Agosto, 4.214 trabalhadores foram contratados, enquanto 3.823 foram desligados de suas funções, gerando um saldo de 391 novos postos de trabalho. Setor agropecuário foi o que mais empregou, com mais de 350 vagas preenchidas.

Comparado ao mesmo período de 2014, houve redução de 14,2% na geração de empregos no município. No entanto, os números são positivos, comparando ao Estado, que nos oito primeiros meses do ano, apresenta um saldo negativo de 7,3 mil, enquanto que o Brasil colocou na fila do desemprego mais de 633,9 mil trabalhadores.

Na microrregião de Palmas, Clevelândia criou 44 novas vagas; Coronel Domingos Soares, 78; Honório Serpa, 12 e Mangueirinha 33 novos postos de trabalho entre os meses de Janeiro e Agosto.