Por Everton Leite

 

A secretária de agricultura de Francisco Beltrão, Denise Adamchuk, está preocupada com a situação de bovinos abatidos no município. Segundo o relatório de serviço de Saúde Animal do Monistérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento foi encontrado em uma propriedade beltronense 263 animais ingerindo resíduos contaminados com ossos não calcinados, substância que é proibida na alimentação dos ruminantes. O mapa divulgado pelo órgão fiscalizador aponta que 221 animais foram abatidos com inspeção estadual, 12 tiveram morte natural e 30 aguardam os resultados laboratoriais.

 

Denise disse que neste momento é importante que o produtor tenha consciência do risco que a “Doença da Vaca Louca” oferece e tome os devidos cuidados.

 

Neste ano o Mapa, fiscalizou 85 propriedades de todo o Paraná e foram analisadas 41 amostras para pesquisa de subproduto de origem animal. Ao todo, 405 animais foram flagrados sendo alimentados com as camas de aviário.