A Secretaria de Finanças de Francisco Beltrão ainda possui cerca de 1.500 carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) que não foram entregues a proprietários de imóveis na cidade. Os blocos podem ser retirados na própria Prefeitura, que recebeu 5 mil carnês de volta dos Correios e desde a semana passada está entregando-os no Paço Municipal.

O diretor de Tributação, Nelson Follador, recomenda que os proprietários retirem seus carnês o mais breve possível, para evitar o pagamento de juros e multa por atraso. “Quem pagava até dia 17 em parcela única tinha desconto de 10%; agora é cobrado o valor integral e mesmo quem for parcelar já está com a primeira parcela em atraso”, explica.

Neste ano, a Prefeitura terceirizou a entrega dos carnês para os Correios, que, devido à greve, deixou de entregar mais de 20% dos blocos. Em Beltrão, 28 mil imóveis pagam o imposto.

Isenções

Em Francisco Beltrão, idosos que recebem até um salário mínimo e portadores de deficiência são isentos do pagamento de IPTU e quem estiver nesta condição e receber a cobrança deve procurar a Secretaria de Finanças. O Código Tributário Municipal também estabelece a isenção do imposto para moradores de imóvel menor de 60m2 e valor inferior a 1.101 URMs.