Apesar longo período sem chuva em quantidade suficiente para atender as demandas do setor agrícola, o volume está dentro da média histórica para este período do ano na região de Palmas, sul do Paraná. Apenas o mês de outubro é que ficou bem abaixo do que normalmente ocorre anualmente.

Conforme dados coletados diariamente pela Estação climatológica do IAPAR, no mês de novembro choveu 172.6 milímetros, atingindo os índices históricos que variam de 90 a 140 milímetros. O mês de outubro, ao contrário, que tem um media prevista entre 160 a 210 milímetros, registrou apenas 85,4. Para este  mês de Dezembro, para ficar no patamar de normalidade, a chuva deverá atingir uma quantidade entre 120 e 170 milímetros.

Conforme o Simepar, os longos períodos sem chuva já estavam previstos. No boletim sobre a primavera os modelos indicavam períodos longos sem registro de chuva, acima do comportamento normal da estação. Por outro lado, um volume excessivo de chuva em uma microrregião e pouca chuva em outra, muito próxima. Ou seja, dentro de uma mesma região seriam verificadas grandes variações no padrão da chuva.

Conforme o simepar,  não há para esta semana previsão de chuvas regulares sobre um grande quadro da região. Estão sinalizadas apenas chuvas esparsas