Os abusos dos condutores de veículos têm lotado as salas de aulas dos cursos de reciclagem nas auto escolas no estado do Paraná. A má conduta ao volante ou ao pilotar uma motocicleta já levou mais de 31 mil paranaenses ao Detran (Departamento Nacional de Trânsito) na tentativa de recuperar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).  Ao todo, 1.193 cursos foram realizados de janeiro a novembro deste ano no Estado.

Inúmeros são os motivos que levam o “motorista” à reciclagem, porém, de acordo com o Detran, a maioria é encaminhada às aulas em virtude do excesso de velocidade. A inconsequência dos jovens também é o que faz da faixa etária de 20 a 34 anos a que mais é encaminhada para o curso.

O curso tem duração de 30 horas e os alunos recebem conhecimentos de legislação de trânsito, direção defensiva, noções de primeiros-socorros e relacionamento interpessoal. No fim do curso, o estudante poderá reaver o direito de dirigir.