O lobo Guará encontrado com ferimentos por índios Caingangues, em Mangueirinha, no dia 31 de dezembro passou por cirurgia nesta segunda-feira (7). O animal está ameaçado de extinção. Conforme os veterinários do zoológico da Unisep, de Dois Vizinhos, para onde o animal foi levado, a fêmea estava desidratada e com uma das patas quebrada, além e ter uma infecção.

De acordo com os índios, ela estava escondida em uma construção. Assim que chegou no Zoo, o animal recebeu atendimento do médico veterinário Felipe Azzolini e foi preparado para a cirurgia. A loba estava com a pata fraturada havia pelo menos 15 dias.

A cirurgia ocorreu sem nenhuma complicação e dentro de, no máximo, 60 dias o animal poderá caminhar normalmente. “Nossa preocupação é que pelo uns 7 dias é que o animal não mecha e não tire a tala, pois isso pode comprometer a recuperação”, disse.

Fotos: Micheli Arenza/ RPC TV