Por Luiz Carlos Bittencourt

 

   Falar sobre Dom Agostinho não é tarefa fácil, por tratar-se, principalmente, de uma pessoa tão especial, que representa muito na vida de milhares de pessoas. Por tratar-se de alguém cuja sabedoria e discernimento sempre estiveram muito presente no cotidiano de suas ações. Mesmo assim nos atrevemos a participar de um projeto do CPEA para falar sobre Dom Agostinho. Projeto este que culminou no lançamento de um livro no último dia 06 de agosto, durante a Festa do Senhor Bom Jesus em Palmas.

 

   O livro apresenta traços de sua trajetória, impossível abarcar toda ela em apenas um livro, com tão poucas palavras, por isso procurou-se priorizar fatos e dados que consideramos relevantes destacar para que o futuro leitor, aquele que não conheceu Dom Agostinho, possa ter uma ideia de quem foi o Bispo que orientou a Diocese por mais de três décadas. Assim sendo, a primeira parte do livro apresenta dados retirados principalmente da memória oral de Dom Agostinho, ou seja, informações destacadas durante entrevistas com ele, ao longo de dois anos. Nesta parte contamos, entre outras informações, um pouco sobre José Benito, o Menino, o Seminarista, o Padre, o Bispo. No Capítulo II destacam-se as realizações de Dom Agostinho na área Pastoral/Religiosa e na Educacional. No terceiro Capítulo destacamos a área das comunicações e no Capítulo IV Depoimentos sobre Dom Agostinho, de pessoas que o conheceram no início da década de 70, quando ele assumiu a Diocese.

   Posso dizer que foi um grande aprendizado trabalhar com esta obra, estudar e conhecer um sábio nos faz melhores e digo, por isso mesmo, que foi uma honra escrever este livro. Só tenho que agradecer a Deus pela oportunidade, ao nosso Bispo Diocesano, Dom José Antônio Peruzzo, pela ideia da homenagem ao Dom Agostinho e pela confiança em nós depositada. Também à Renata Vasconcellos Basso Fonseca, pelo carinho e atenção durante toda a pesquisa, sempre nos disponibilizando tudo o que precisávamos. E à Prof. Madalena Mergen Lima, responsável pelas informações na área educacional. Obrigada a todos.

   Ao Dom Agostinho desejo muita paz e saúde. Que Deus e Maria lhe concedam o que há de melhor pelo trabalho e carinho dedicados à nossa Diocese.
Ao final ficou um bom livro, mesclado de fotografias que ilustram a trajetória do nosso Bispo Emérito. Vale a pena ser lido.
Lucy Salete Bortolini Nazaro – Escritora.