Pelo menos duas obras estão no cronograma de execução na região, caso o governo do estado consiga o financiamento no Banco Inter­­americano de Desen­vol­vimento (BID).  O montante solicitado alcança R$ 1,482 bilhão, que deverão ser aplicados em melhorias na malha rodoviária de regiões que concentram cidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O projeto prevê a pavimentação de 140 quilômetros de estradas, ligando pequenos municípios a rodovias estaduais.

Dentre as rodovias previstas está a PR 912, que liga Palmas a Coronel Domingos Soares. Dos pouco mais de 30 quilômetros, apenas 11 são pavimentados com asfalto, entre  PR 449 até a Ponte do Rio Chopim. O restante da  Rodovia Dom Agostinho José Sartori ainda é de terra. O trecho ainda está em fase de levantamentos para a realização dos projetos.

Outro projeto  rodoviário a receber investimento é a PR 459, que liga Reserva do Iguaçu  ao Pinhão, numa distância de 22 quilômetros, com investimentos  previstos de R$ 22 milhões de reais. O governador Beto Richa (PSDB) já  assinou a autorização para o  asfalto.