Os usuários que utilizavam a BR-153, na localidade da Campina da Alegria, deverão esperar por mais de 30 dias para voltar a usar a rodovia. Essa é a previsão da empresa contratada para a recuperação do asfalto, extremamente danificado em decorrência das chuvas do mês de junho, que atingiram todo o sul do país.

A rodovia foi interditada no dia 28 de junho e até o momento, 60% da obra está concluída. Para auxiliar os motoristas que passam pela região, foi construído um desvio, porém, com o fluxo intenso, veículos de grande porte enfrentam dificuldades para atravessar os 07 quilômetros de estrada de chão. Caminhões com cargas superiores à trinta toneladas são obrigados à seguirem por Campos Novos.

Nesta semana, lideranças regionais estiveram visitando as obras a fim de buscarem explicações sobre a demora na conclusão. Empresários já contabilizam os prejuízos e já buscam contatos com o DNIT/SC para buscar alternativas, a fim de agilizar os trabalhos.

A empresa responsável informou que os serviços são conduzidos das 06h às 18h,     inclusive em finais de semana e feriados. A estimativa é de que até o mês de outubro, a base esteja pronta para receber o asfaltamento.  As lideranças deverão aguardar um posicionamento dos órgãos responsáveis. Caso contrário, empresários e transportadores discutem uma mobilização para chamar a atenção das autoridades competentes.